• Por favor, clique na empresa que deseja acessar:
Notícias
11 anos de trabalho: sonda da NASA completa 50 mil voltas ao redor de Marte
Por: https://www.tecmundo.com.br/nasa/115481-11-anos-trabalho-sonda-nasa-completa-50-mil-voltas-redor-mar
Há 11 anos analisando o Planeta Vermelho, a sonda Mars Reconnaissance Orbiter (MRO) acaba de bater uma marca bastante impressionante e que mostra o quanto estamos interessados pelo nosso vizinho no sistema solar. Afinal, o equipamento completou nada menos que 50 mil órbitas em torno de Marte e superou qualquer expectativa em cima de sua longevidade na missão espacial.
Saindo da Terra a bordo do foguete Atlas V, em 2005, a MRO demorou cerca de um ano para finalmente chegar nas proximidades de Marte. Uma vez lá, o brinquedinho da NASA começou a se posicionar para viajar ao redor do planeta colhendo o maior número de imagens possíveis da sua geografia. A agência espacial norte-americana sabia que essa seria uma tarefa bem longa, mas não imaginava que a sonda, sozinha, seria capaz de se manter mais de uma década no batente.

Nesse tempo, o equipamento conseguiu, por si só, registrar cerca de 99,1% de toda a superfície marciana, dando aos cientistas e astrônomos uma visão sobre Marte que era impensável até pouco tempo atrás. Utilizando uma câmera HiRISE com resolução de 30 centímetros por pixel e outra do tipo CTX com seis metros por pixel, a MRO fez mais de 90 mil cliques detalhados do solo alienígena. O pequeno detalhe? Cada uma dessas fotos abrange uma área de cerca de 30 quilômetros.

Para garantir precisão nos dados enviado à Terra, avaliar mudanças no clima do planeta e identificar zonas estáveis de pouso para missões futuras em solo marciano, o dispositivo trabalhou em um modo de redundância que registrou mais de uma vez 60% da superfície de Marte. Apesar de todos esses feitos extraordinários, a MRO está longe de ser aposentada. Segundo Dan Johnston, chefão do projeto, a sonda está saudável e funcional e, recentemente, foi ajustada para facilitar a chegada da missão InSight, programada para novembro de 2018.